Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Mercedes GLE Plug-in terá mais de 100 km de autonomia elétrica

A Daimler pode vir a ser o primeiro fabricante de automóveis com um modelo híbrido recarregável com uma autonomia superior a 100 quilómetros em modo 100% elétrico, o valor anunciado para o novo Mercedes-Benz GLE híbrido plug-in hybrid vehicle, previsto para a segunda metade do próximo ano, reporta a Automotive News Europe.

Foto: Daimler Media

“Estamos agora numa geração de híbridos que nos permitirá passar dos atuais 30 a 50 quilómetros de autonomia em modo 100% elétrico, para mais de 100 quilómetros”, referiu Ola Kallenius, que lidera do departamento de investigação e desenvolvimento da Mercedes-Benz. “O GLE será o primeiro modelo da nova geração”, adiantou.

A rival BMW também já anunciou uma nova geração do seu sistema híbrido eDrive, com uma autonomia a rondar a centena de quilómetros, e que começará a ser introduzida nos modelos da marca bávara, a partir de 2020.

O novo GLE PHEV faz parte da estratégia de redução dos níveis de emissões do Grupo alemão, que passa pela eletrificação de toda a gama, incluindo versões mild hybrid 48 volts. Além do GLE, também ao topo de gama Classe S e o compacto Classe A terão variantes híbridas recarregáveis.

De acordo com a atual legislação da China, o maior mercado automóvel do mundo, os híbridos plug-in precisam de ter uma autonomia mínima de 50 quilómetros para serem classificados como veículos de energia limpa.

 

Outras Notícias

Comentários estão fechados.