Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

O que já sabemos sobre o novo Hyundai Tucson

Desenhado e fabricado na Europa, o novo Hyundai Tucson vai ser apresentado em Portugal a 18 de setembro, estando a sua chegada ao mercado prevista para o último trimestre do ano.

Beste seller da marca sul coreana na Europa, este refrescado Tucson apresenta-se agora com a grelha em cascata que serve de assinatura frontal aos SUV da marca sul coreana e com novos grupos óticos full LED, que lhe transmitem uma imagem hi-tech. Na traseira, os farolins redesenhados combinam-se com o novo para-choques, de onde sobressam as ponteiras duplas de escape.

As jantes de liga leve de 16 a 19 polegadas têm um novo design. Com este novo Tucson chegam também três novas cores exteriores: cinzento Olivine Grey e os azuis Stellar Blue e Champion Blue. Como extra, a Hyundai disponibiliza um tejadilho panorâmico,

A gama do novo Hyundai Tucson compreende duas motorizações gasolina e igual número de opções diesel. Os engenheiros da marca conseguiram uma redução de peso, que resultou numa melhoria dos níveis de emissões de CO2. O novo Tucson é também o primeiro modelo Hyundai disponível com um motor mild hybrid de 48 volts.

O motor mais potente é o 2.0 litros diesel de 185 cv, que está associado a caixa manual de 6 velocidades ou, em opção, a uma transmissão automática de 8, sempre em versões com tração integral permanente HTRAC. O consumo combinado anunciado é de 5,7 a 6,0 l/100 Km, com emissões de CO2 de 149 a 157 g/Km. Este bloco é combinado com o sistema mild hybrid 48 Volts, com recuperador de energia nas desacelerações e travagens.

Mais ajustado ao mercado nacional, o novo motor diesel 1.6 litros Smartstream está disponível em versões de 115 cv e 136 cv, com tração integral e caixa manual de 6 velocidades. A versão mais potente pode ter transmissão automática de dupla embraiagem 7DCT, de 7 velocidade e tração dianteira.

Do lado dos propulsores gasolina, a oferta divide-se pelo 1.6 GDI de 132 cv, que aparece associado a uma caixa manual de 6 velocidades e tração dianteira, e pelo 1.6 T-GDI de 177 cv, com caixa manual ou a automática 7DCT, em ambos os casos disponível com tração integral ou dianteira. Com a caixa automática é possível optar entre dois modos de condução distintos: Normal e Sport.

Os consumos do 1.6 GDI em percursos mistos são de 6,9 a 7,2 l/100 Km, com emissões de 159 a 165 g/km. No 1.6 T-GDI, os consumos são de 6,9 a 7,9 l/100 Km e a emissões de 159 a 180 g/Km

Todos os propulsores cumprem as novas normas Euro 6d Temp.

Sem surpresas, no cada vez mais competitivo segmento dos SUV compactos, o novo Tucson vem dotado de sistemas de segurança e de assistência ao condutor de última geração, como a travagem automática anti colisão frontal, as câmaras 360 graus, o assistente de manutenção na faixa de rodagem, o sistema inteligente de alerta de excesso de velocidade, o curise control adaptativo ou o detetor de fadiga do condutor.

 

O interior está mais requintado, com os novos materiais e as duplas costuras a reforçaram a qualidade geral apercebida. No nível de equipamento superior, os bancos desportivos são forrados em pele.

Há uma gama de quatro diferentes cores para o interior, com o cinzento a juntar-se ao presto, beije e vermelho.

A nível de equipamento, destaque para o opcional Sistema de som premium desenvolvido pela Krell, o carregador sem fios de telefones móveis e um sistema de informação e entretenimento operado a partir de um tablet de 7 polegadas, compatível com Apple CarPlay, Android Auto e conetividade Bluetooth,

O sistema pode ser enriquecido com navegação 3D, neste caso associado a um monitor touch de 8 polegadas.

Outras Notícias

Comentários estão fechados.